Onde há novas startups também há esperança

Founders são pessoas tolas, ingênuas e ambiciosas que lançam startups. Em algum momento acreditaram no mito da ideia genial. Tiveram atrevimento de começar a trabalhar. Colocaram tempo, dinheiro e reputação em risco. E deram à todas as outras pessoas esperança de desenvolvimento social e econômico.

Em cada startup há pelo menos um líder. Ele dissemina o pensamento inovador. Busca entender a fundo problemas sociais e empresariais. Gasta incontáveis horas elaborando propostas para resolvê-los. Arrisca-se em ousadas maneiras de fazer negócio. Desafia legislação e senso comum. Influência outras pessoas a pensar como ele. Torna o ambiente mais inovador. Consequentemente, eleva nossa esperança de prosperidade.

A insistência do founder diante à incerteza e o fracasso chega a ser ridícula. Patética. Lamentável. Até que se torne inspiradora. Geradora de emprego e lucro. A startup torna-se companhia. O founder, CEO. E no coração e mente de alguns empregados cresce a esperança de também se tornarem founder algum dia.

Este conteúdo foi útil para você?