“Mas o que é uma startup mesmo?”

Startups são como baratas. São feias, nojentas e nascidas para sobreviver nas piores condições possíveis. E quando bem cuidadas, crescem rapidamente, e até podem evoluir para um ser muito admirado – o unicórnio. A maioria continua mesmo sendo barata, esmagadas pelo mercado. Outras tornam-se fornecedoras de alimento na economia tradicional. A grande questão é saber reconhecer o que é promissor daquilo que apenas é aproveitável ou reciclável.

Startup é uma equipe

Não há startup de uma pessoa. Por definição, startup é sempre um grupo com pelo menos duas a três pessoas. Raramente, alguém possui todas as habilidades necessárias para desenvolver um negócio inovador. A história recente e os números atuais mostram que isso é verdade. Todas as startups da última década que tiveram sucesso estrondoso ou mesmo moderado, começaram com times de aproximadamente três pessoas.

Startup resolve um problema

É propósito de toda empresa resolver algum problema de alguém. Uma startup nasce para resolver problemas ainda sem solução ou para apresentar uma solução disruptiva ao mercado. Parte do trabalho da startup é entender os detalhes do problema. Por exemplo, como reduzir em 90% o tempo de entrega de um produto para determinado tipo de cliente. Quanto custa o problema? Quais as alternativas para resolver o problema?

Startup busca proposta de valor inovadora

Muitas empresas tradicionais vendem produtos e/ou serviços. Startups buscam descobrir quais propostas de valor que levam clientes a terem uma nova experiência. São combinações de conteúdo, produtos e serviços. E necessariamente ela deve ser inovadora. Caso contrário, dificilmente será escalável.

Startup testa modelo de negócio inovador

Se seu novo negócio começa com um plano de negócios, então não é uma startup. Testar diferentes modelos de negócios inovadores e escaláveis é outro aspecto que diferencia uma startup de uma empresa tradicional. Toda startup deve procurar inovar na forma como é criado, comunicado e entregue valor ao cliente. E isso não é nada fácil, quanto mais testes fizer, mais dados vai obter para identificar o melhor modelo para o negócio.

Startup é um negócio digital

Muitas pessoas pensam que startup é sobre criar aplicativos e outros produtos digitais. Elas tem razão! Startups são negócios digitais por natureza. É comum a confusão entre empresas de base tecnológicas – EBT – e startups. As EBTs desenvolvem tecnologia. As startups usam a tecnologia. E ambas são importantes no ecossistema de inovação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *